Os Estilos de Tango

O Canyengue é provavelmente o estilo mais antigo de Tango Argentino. Existe desde cerca de 1930 e algumas das características deste estilo são:

  • Postura fechada e ligeira posição em forma de “V”
  • Joelhos flectidos
  • A “Cruz” não é utilizada
  • Passos curtos seguindo o ritmo “staccato” (típico em músicos antigos como Francisco Lomuto, Roberto Firpo, Francisco Canaro)
  • As bailarinas usam vestidos justos e longos

O Orillero é outro dos velhos estilos. A sua origem está nas ruas dos bairros operários. Este estilo não foi aceite nos salões de Tango daquele tempo. Devido aos seus passos complicados, o Orillero era dançado numa posição fechada. A música de Juan D`Arienzo e de Rodolfo Biagio era ideal para este estilo.

O Milonguero é um estilo caracterizado pela postura apilado. Nesta posição, a parte superior do corpo está em constante contacto, o equilibrio é partilhado, a posição não varia quer se realizem ochos ou giros. Uma das muitas orquestras que tocam música deste estilo é a orquestra de Carlos Di Sarli. Uma figura típica da Milonga é o ocho cortado.

Salão ou Tango de Salão caracteriza-se por:

  • Posição ligeiramente aberta.
  • Os dançarinos ficam centrados na parte direita do seu par
  • A posição abre-se quando se fazem voltas, permitindo assim mais espaço, assim como pivots que que requerem mais espaço na parte superior do corpo
  • É dançado na linha de baile (ronda)

O Nuevo Tango, caracteriza-se por:

  • Posição aberta e elástica
  • Cada bailarino mantêm o seu próprio equilibrio (eixo)
  • Realizam-se mudanças de direcção interessantes quando se realizam as voltas
  • Novas solucões para o ocho

A Fantasia (Show Tango) é um Tango cénico. Dança-se com uma posição aberta e movimentos fortes, e com muita frequência se incluem movimentos de outros estilos de Tango.

Umas poucas palavras sobre os diferentes estilos:
Cada estilo é único e têm o seu lugar na história do Tango Argentino. Actualmente, cada um dos estilos pode-se realizar numa posição cerrada, especialmente o estilo milonguero. A excepcão a esta regra é o Show Tango, o qual é sempre dançado numa posição aberta. Outra característica do Tango Argentino moderno é a improvisação, que é usada em todos os diferentes estilos.




Ir a Artigos